quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Camões e a vestibulanda!

 O Vestibular da Universidade de São Paulo cobrou dos candidatos a
interpretação do seguinte trecho de um poema de Camões:

' Amor é fogo que arde sem se ver,
é ferida que dói e não se sente,
é um contentamento descontente,
dor que desatina sem doer '.

Uma vestibulanda de 19 anos deu a sua interpretação em forma de
poesia:


'Ah! Camões,
se vivesses hoje em dia,
tomavas uns antipiréticos,
uns quantos analgésicos
e Prozac para a depressão..
Compravas um computador,
consultavas a Internet e descobririas
que essas dores que sentias,                                     
esses calores que te abrasavam,
essas mudanças de humor repentinas,
esses desatinos sem nexo, não eram feridas de amor,

mas somente falta sexo!'                                                             

Ganhou nota dez.
      


 
Foi a primeira vez que, ao longo de mais de 500 anos, alguém desconfiou que o problema de Camões era falta de mulher...  

7 comentários:

  1. Hehehe...
    Eu sempre desconfiei meRmo desses desbravadores de continentes... Usando perucas, golas de fru fru, calças justíssimas e sapatilhas de pelíca!!!
    Por**... que Viadagem mêu !!!! kkkkkkkkkkkkkk

    Parabéns para a vestibulante.. Nota 1000.. rss

    Bejo Sandra
    Tatto

    ResponderExcluir
  2. A moça esta coberta de razão. O que acontece é tesão acumulado. Pois, pois!
    Bj.

    ResponderExcluir
  3. Obrigada Sandra pela visita em meu Blog
    http://nadialis.blogspot.com/
    Seja sempre muito bem vinda, infelizmente não cheguei a participar do outro, mas pode ter certeza de que estou adorando este seu novo "bb" e estarei acompanhando sempre! Beijo grande

    ResponderExcluir
  4. Encontrei este seu blog e gostei. Vou continuar a ser seu seguidor e seja meu tambem lá em meus espaços.

    Um abração e um bom fim de semana.

    José Sousa

    ResponderExcluir
  5. É Sr. Camões, agora fud** tudo em, seu segredo foi descoberto. SHUAHSUHUASHUAHUHAU

    ResponderExcluir